Meditações tempestivas do Sr. Kraus (II)

Pontualidade

Há hábitos que jamais se abandonam. O bom político até à inauguração de um relógio chega atrasado.

Gonçalo M. Tavares, O Senhor Kraus, Lisboa, Caminho, 2005, p. 34.